Causa da morte do cantor George Michael é divulgada

George MichaelGeorge Michael (Foto: Reprodução/Internet)

A equipe forense de Oxfordshire informou que George Michael morreu de causas naturais. O cantor morreu em 25 de dezembro de 2016 em sua mansão aos 53 anos. O corpo de Michael foi encontrado pelo namorado Fadi Fawaz.

O legista Darren Salter disse que "as investigações sobre a morte de George Michael foram concluídas e inseridas no relatório final. Como há, confirmada, uma causa natural de morte, sendo miocardiopatia dilatada com miocardite e fígado gordo, a investigação está sendo interrompida e não há necessidade de um inquérito ou quaisquer outras investigações", segundo informações divulgadas pela NME.

Dois dos problemas relatados são no coração, sendo que a cardiomiopatia dilatada é uma doença que atinge o músculo do órgão e a miocardite é uma inflamação. O fígado gorduroso é uma doença comum, principalmente em pessoas que consomem grandes quantidades de bebidas alcoólicas.

Dois dias após a morte, o Daily Telegraph sugeriu que o ocorrido teria sido resultado de uma overdose de heroína. O site trouxe relatos de fontes que falavam sobre o envolvimento do cantor com as drogas, mas nenhuma prova foi apresentada.  Na época, o representante e amigo do cantor, Michael Lippman, declarou ao The Hollywood Reporter que a causa teria sido insuficiência cardíaca.

Outra hipótese levantada foi a de que Michael teria cometido suicídio. Os boatos eram baseados em tuítes, supostamente de Fawaz, que descreviam o cantor como depressivo que já havia tentado se matar algumas vezes. O namorado do cantor disse que sua conta foi invadida por um hacker e negou a autoria dos posts.
 

Curta a fanpage do Fofoca.TV no Facebook e receba notícias dos famosos

Estamos também no Google Plus + Curta nossa Pagina

Mais lidas

    Publicidade