Fernanda Young revela que sofre de pressão e faz declaração polêmica

Fernanda YoungFernanda Young (Foto: Reprodução/Internet)

Fernanda Young polemizou nesta quinta-feira (2), ao conceder uma entrevista para a revista 'Marie Claire'. A atriz e escritora afirmou que 'se não fosse a depressão, não teria feito nem 70% do que realizou na vida'. 

Entre outras declarações. Fernanda ainda revelou que cortou o pulso na infância, foi diagnosticada com depressão na juventude e que esses percalços, superados com amor e risadas, a fez se dedicar aos seus objetivos.

Ao ser questionada se já tinha sofrido violência, Fernanda disparou: "Fui violentada em um encontro íntimo com um ex-namorado, aos 16 anos. Na época, achei horrível, mas levei tempo para entender que foi um estupro. Ele começou a forçar a barra, eu disse que não queria e ele amarrou meus pulsos. Fez sexo comigo dessa maneira. Não sabia para quem contar, tinha vergonha. Achava que a culpa era minha por ter amado essa pessoa. Só percebi que tinha sido estuprada vendo uma cena semelhante em uma série, anos depois", desabafou.

As declarações da escritora, que é mãe de quatro filhos, fez com que outros internautas também desabafassem sobre a depressão e serviu como espaço para discussão do assunto: "Nunca cheguei a tomar a atitude de me matar, porém penso todos os dias em acabar com a minha vida. Faço terapia... mas tem momentos que quero sumir. não consigo ter coragem de tomara a atitude do ato final", desabafou uma mulher. 

"Achei inspiradora a forma como ela superou tudo, foi interessante ver esse ponto de vista", elogiou outro internauta. "Obrigado Fernanda, podemos ver que no final há formas de superar a depressão", escreveu outro.

Curta a fanpage do Fofoca.TV no Facebook e receba notícias dos famosos

Estamos também no Google Plus + Curta nossa Pagina

Mais lidas

    Publicidade