Justiça obriga Danilo Gentilli a excluir vídeo contra Maria do Rosário

Danilo GentilliDanilo Gentilli (Foto: Reprodução/Internet)

O Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul (TJRS) determinou neste sábado (03), que o apresentador Danilo Gentilli retirasse do ar o vídeo em que aparece rasgando e colocando na genitália uma notificação remetida pela Câmara dos Deputados em nome de Maria do Rosário. No pedido, que inclui ainda indenização por dano moral, a deputada gaúcha se refere ao vídeo gravado por Gentili "com indicações ofensivas e obscenas e, também, com incitação ao ódio e violência contra a autora", diz o TJ-RS.

O vídeo havia sido publicado no último dia 29 de maio, e causou enorme repercussção na web, onde muitos reprovaram a atitude do apresentador. 

Em nota, a deputada considerou a decisão "uma vitória de todas as mulheres brasileiras que desejam construir uma sociedade livre do ódio e dos preconceitos cotidianos”. 

Ela ainda afirma que é “impossível aceitarmos o desrespeito e a humilhação contra qualquer ser humano. Por este motivo, decidi mover todas as ações possíveis contra os que agem desta forma contra mim. Penso que assim estamos contribuindo para que todas as meninas cresçam sabendo que tem direitos", afirmou.

Curta a fanpage do Fofoca.TV no Facebook e receba notícias dos famosos

Estamos também no Google Plus + Curta nossa Pagina