Playboy Brasil se pronuncia após denúncia de assédio contra empresário

PlayboyPlayboy (Foto: Reprodução)

A equipe do Fantástico exibiu no último domingo (23), uma reportagem que denunciava casos de assédio envolvendo o empresário André Luís Sanseverino, que era um dos sócios da empresa PBB Entertainment, que detém os direitos de publicação da revista Playboy no País.

Oito modelos estão acusando André e o também empresário Marcos Aurélio de Abreu Rodrigues de terem prometido grandes oportunidades de trabalho, fama e sucesso, em troca de fotos nuas e sexo, após um evento da própria publicação, realizado no segundo semestre de 2016, no qual as mesmas trabalharam, vestidas como as conhecidas "coelhinhas da Playboy".

Ainda na mesma noite a  revista Playboy Brasil se pronunciou sobre o assunto, por meio de uma nota de esclarecimento. Confira abaixo o comunicado na íntegra:

"A PLAYBOY BRASIL declara que repudia toda forma de desrespeito contra a mulher.Informamos que decidimos pelo total afastamento do sócio André Sanseverino, por prazo indeterminado, de quaisquer atividades relacionadas à PLAYBOY.

Assim, qualquer declaração dada por André Sanseverino não reflete em absolutamente nada os valores da PLAYBOY. O mesmo encontra-se afastado da empresa e não responde mais pela mesma.

Acreditamos de forma franca e honesta que ele deverá colaborar para elucidar os fatos até que as denúncias sejam apuradas.

A PLAYBOY, ao longo de sua história, vem coadjuvando em defesa e em busca da liberdade e empoderamento das mulheres, não somente no Brasil, mas em todo o mundo."

Curta a fanpage do Fofoca.TV no Facebook e receba notícias dos famosos

Estamos também no Google Plus + Curta nossa Pagina