Resumo de hoje da novela "A Terra Prometida" (13/02/2017)

A Terra Prometida A Terra Prometida (Foto: Reprodução)

Ao ritual de sacrifício do bebê, Mara (Cristiana Oliveira) e Racal (Gustavo Novaes) dão início. Um símbolo nas testas de Boaz (o nome do ator não foi divulgado) e da vilã são desenhados pelo feiticeiro. Raabe (Miriam Freeland) é amparada por Aruna (Thais Melchior). Cuidados dignos de uma rainha são recebidos por Ula (Rafaela Mandelli). Dos momentos difíceis ao lado de Kamir (Roberto Bomtempo), ela se recorda. O comportamento de Mireu (Eduardo Magalhães) é estranhado por Adonizedeque (Mário Frias). A tratar melhor Tirda (Priscilla Uba), Haniel (Paulo César Grande) é aconselhado por Gael (Miguel Costa). Para fazer Quemuel (Raymundo de Souza) dormir, Tobias (Raphael Vianna) entrega a Samara (Paloma Bernardi) uma substância. A demora do ritual do sacrifício do bebê é alvo de reclamação de Mara. O papiro escrito por Úrsula (Letícia Peroni) ameaçando-o é encontrado por Adonizedeque. Sobre o sequestro do bebê de Raabe, são avisados Haniel e Gael. O casamento com Ula será adiado, avisa Adonizedeque, preocupado com o sumiço de Úrsula. O choro do bebê é escutado por Jéssica (Maytê Piragibe) e Iru (Guilherme Boury) enquanto eles procuram por Boaz. Racal é flagrado com o neném por eles, quando se aproximam da margem do acampamento. O cananeu é ameaçado por Iru, ao desembainhar a espada. No colo, Boaz é pego por Jéssica, quando ela corre. Antes de ser vista, Mara se esconde ao chegar com uns gravetos na mão. O jovem guerreiro hebreu fere Racal, quando ele tenta reagir. Para levar o bebê de volta à mãe, correm Iru e Jéssica. Para verificar se Racal está vivo, se aproxima Mara. Por ajuda, o feiticeiro suplica, agonizando. A vilã se recusa a ampará-lo e foge, com medo de ser descoberta também. Um chá para Quemuel beber é entregado por Tobias. Tirda começa a espirrar quando Haniel a presenteia com flores. Para a taberna retorna Ula. Mireu é reconhecido por Salmon (Rafael Sardão). Para buscarem mais informações, de Otniel (Leonardo Miggiorin) decide se separar. À Raabe, Jéssica entrega o bebê. O neném estava sendo preparado para um sacrifício, diz Orias (Walter Breda) ao reparar nas marcas na testa de Boaz. Tobias está passando mal, mente Samara ao procurar por Yana (Luciana Braga) na tenda de Darda (Ana Barrozo). Começa a sentir sonolência Quemuel após beber o chá com Tobias. Com os cadáveres das prisioneiras, Adonizedeque esbraveja irritado com o sumiço de Úrsula. Tobias golpeia Yana quando ela chega na tenda de Samara. Úrsula espanta Lina (Naiumi Goldoni) por estar em sua casa. Yana e Quemuel estão dormindo lado a lado e Léia (Beth Goulart) vê, ao chegar em casa. A atitude de Jéssica é agradecida por Raabe. De sua tenda, Yana é expulsa por Léia, que grita de raiva. Racal teve ajuda de alguém para sequestrar o bebê, conclui Calebe (Milhem Cortaz). As vontades de Úrsula são feitas por Lina. Uma busca a sua filha deve ser organizada por Abul (Joelson Medeiros), ordena Adonizedeque. Os hebreus encontram Racal, gravemente ferido. De se livrar de Yana, pode ajudá-la, diz Samara em conversa com Léia. Pede permissão para executar Zaqueu (Ricky Tavares) e Aruna em troca, diz Samara. Com Léia, Quemuel tenta se explicar. Só dará explicações para Mara, diz, bastante ferido, Racal. A proposta de Samara é concordada por Léia. De Mireu, Otniel, disfarçado, tenta tirar informações. Ao encontrar Úrsula em sua casa, o oficial se assusta. Para falar a sós com Mara, Racal pede. Pede para ela ajuda-lo a fugir, diz ele ao tentar chantagear a vilã. Finge que o cananeu passa mal, Mara ao gritar por ajuda após começar a sufoca-lo. Racal está morto, avisa Darda ao se aproximar. Vai deixar o acampamento, diz Yana ao procurar Aruna. O que Racal falou antes de morrer?, pergunta Josué (Sidney Sampaio) a pressionar Mara.

Curta a fanpage do Fofoca.TV no Facebook e receba notícias dos famosos

Estamos também no Google Plus + Curta nossa Pagina