Alexandre Frota tem seu nome negativado por causa de pensão alimentícia

Alexandre FrotaAlexandre Frota (Foto: Reprodução)

Alexandre Frota está sendo acusado de não pagar pensão ao filho, Mayã, de 18 anos de idade, e estaria devendo a ele cerca 71 mil reais, o que gerou uma troca de farpas por meio das redes sociais. Por causa da situação, a ex de Frota, Samantha Gondim, está querendo processá-lo.

Agora, segundo informações do Extra, a Justiça de Brasília deferiu o pedido de protesto feito pelos representantes de Mayã contra o pai. O nome do recém-eleito deputado federal por São Paulo está negativado. Ou seja, Frota não pode pedir financiamentos ou fazer compras através de crediários.

E não só isso: a diretora da 4ª vara de Família de Brasília, Renata Bittar, ainda irá pleitear um pedido de prisão para o ex-ator, na próxima segunda-feira, dia 15. Na última quarta-feira, dia 10, ele pagou parte da pensão que está devendo e o que sobrou é 42 mil e 418 reais. Com isso, Frota propôs um acordo, mas os advogados de Mayã rejeitaram que ele parcelasse esse restante.

Um pedido de prisão já havia sido formalizado no fim de setembro, mas de acordo com a Justiça Eleitoral, o ainda candidato não poderia ser detido num prazo de 15 dias, mas esse período agora já passou.

Curta a fanpage do Fofoca.TV no Facebook e receba notícias dos famosos

Estamos também no Google Plus + Curta nossa Pagina