Aluno que processou Aguinaldo Silva ataca autor após demissão

Aguinaldo SilvaAguinaldo Silva (Foto: Reprodução da Internet)

Aguinaldo Silva foi vítima de uma alfinetada de Silvio Cerceau, o ex-aluno que processou o autor no caso envolvendo a história de O Sétimo Guardião.

O escritor provocou o veterano com a frase “rindo horrores” em uma publicação feita no Instagram, mas apagada logo em seguida.

Mais tarde, Cerceau voltou para a rede social e compartilhou uma nova frase: “Cada um colhe o que planta”.

Um internauta, fã de Aguinaldo, mandou um recado para Cerceau:

 “Uma das maiores audiências da década de 80/90 e a maior da década de 2000 e de 2010. O único com dois Emmys Internacional de Melhor Telenovela. Realmente, ele colheu o que plantou: Muito trabalho duro e dedicação desde o final dos anos 70”.

Em 2018, Silvio Cerceau moveu uma ação contra Aguinaldo Silva pedindo o seu nome como coautor da novela protagonizada por Marina Ruy Barbosa e Bruno Gagliasso.

Na ação, Silvio disse que o plot foi desenvolvido durante uma aula dada por Aguinaldo em 2015. Além dele, outros seis alunos também entraram na Justiça pedindo remuneração e reconhecimento autoral pela história.

Curta a fanpage no Facebook e Siga-nos no Instagram!