Ator Steven Wilden Striegel é acusado por crime sexual

Olivia Munn, Steven Wilden StriegelOlivia Munn, Steven Wilden Striegel (Foto: Reprodução)

Há 10 anos atrás, o ator Steven Wilden Striegel foi acusado pela jovem Paige Carnes, então com 14 anos de idade, de ter tentado se aproveitar sexualmente dela.

A atriz Olivia Munn ficou sabendo desta história e decidiu informar a 20th Century  Fox e contar a eles sobre a queixa prestada por Paige - que fez com que Steven entrasse na lista de criminosos sexuais nos Estados Unidos. A produtora então tomou a medida de deletar a cena de participação que Striegel fazia no novo filme Predador, no qual Olivia é a protagonista.

O Los Angeles Times publicou uma declaração de Paige, na qual ela se pronunciou pela primeira vez sobre o assunto e agradeceu a Olivia pela iniciativa. Confira um trecho, a seguir:

Eu não tinha coragem de falar por mim mesma aos 14 anos de idade. Eu não tenho vergonha do que ele fez comigo. Não sou eu quem deve carregar esta vergonha. Eu sou eternamente grata à ação da Olivia Munn. Ela falou por mim. Ela tomou partido por mim. Ela agiu em nome de todos que sofreram como eu sofri. Ser defendida por uma desconhecida, de forma pública, é incrivelmente empoderador. O apoio nas redes sociais a Olivia Munn é animador e sinto como se eu estivesse sendo pessoalmente apoiada também.

Emocionada com o depoimento de Paige, Olivia a respondeu em seu Instagram:

Querida Paige, sua braveza e força para se posicionar e buscar sua identidade são incrivelmente inspiradoras. Sem dúvida nenhuma, por ter tomado partido hoje com tanta eloquência, você inspirou muitos outros sobreviventes. Obrigada pela sua coragem e por ser destemida.

Os produtores do filme disseram que não sabiam sobre as acusações de Striegel:

- Não tínhamos conhecimento do passado do Sr. Striegel quando ele foi contratado. Não sabíamos de seu passado por limitações legais que nos impede de checar os antecedentes dos atores.

Curta a fanpage no Facebook e Siga-nos no Instagram!