Cardi B é condenada por briga em bar de ‘strippers’

Cardi BCardi B (Foto: Reprodução da Internet)

A cantora americana de rap Cardi B foi condenada por um grande júri em um caso que a envolve em uma briga em um bar de “strippers”.

De acordo com o processo, as acusações apresentadas contra a cantora, de 26 anos e nascida no Bronx, incluem duas tentativas de agressão com intenção de causar lesões graves. A pena não implicará prisão para Cardi B, segundo as leis do estado de Nova York, mas poderia resultar em uma liberdade condicional que complicaria sua intensa agenda de shows.

Seu advogado não respondeu imediatamente a um pedido de comentários da AFP. O comparecimento está agendado para 25 de junho.

Em 29 de agosto de 2018, Cardi B estava no Angels Strip Club no Queens, Nova York, quando supostamente seu grupo começou a lançar garrafas, cadeiras e também um narguilé, que segundo a polícia feriu as pernas de uma funcionária do local.

Foi a rapper quem supostamente ordenou o ataque contra duas irmãs que trabalham nesse bar, porque uma delas manteve relações sexuais com seu esposo, o também rapper Offset.

Nascida Belcalis Almánzar, a ascensão meteórica de Cardi B à fama começou quando ela própria trabalhava como stripper e criou sua personagem nas redes sociais, especialmente no Instagram.

Desde então, não esteve alheia a polêmicas. Em setembro do ano passo se envolveu em uma discussão com a rapper americana Nicki Minaj, durante a Semana de Moda de Nova York. A razão, explicou Cardi B no Instagram, foi que Minaj questionou suas aptidões maternais.

Curta a fanpage no Facebook e Siga-nos no Instagram!