Em documentario Nicki Minaj fala sobre ter sofrido com violência doméstica

Nicki MinajNicki Minaj (Foto: Instagram)

Nicki Minaj revela, em seu Instagram, que foi vítima de violência doméstica. O vídeo postado, trecho de seu novo documentário Queen, mostra a rapper se emocionando ao contar que testemunhou diversos atos de violência de seu pai contra sua mãe quando era criança e, ao crescer, passou pela mesma situação. 

- Lembro quando minha mãe deixava meu pai ser violento com ela. Ela sempre fala de como eu costumava entrar no meio dos dois, tentando protegê-la. 

Nicki também diz que sua atitude, que muitos destacam como polêmica e grossa, na verdade é um reflexo daquela época. 

- Jurei para mim mesma que nenhum homem nunca abusaria de mim, me xingaria ou me trataria daquele jeito. E então, aquela era minha vida. Deixei um homem me colocar tão para baixo, que não me lembrava mais quem eu era. Eu tinha medo de ir para o estúdio, não acreditava em mim mesma. 

Em 2010, Nicki já havia falado sobre a violência que presenciava em casa para a revista Rolling Stone. Na ocasião, a cantora disse que seu desejo de ser bem sucedida vinha da vontade de tirar a mãe da vida em que viviam com o pai, viciado em drogas e álcool. Apesar de seus pais ainda estarem juntos e do pai não querer que ela toque neste assunto, Nicki acredita ser algo importante a ser falado, até mesmo para que outros homens possam largar o vício. 

- É o preço que você paga por abusar de álcool e drogas. Talvez um dia sua filha será famosa e falará sobre isso em todas as revistas. Então pensem nisso, pais que querem agir como loucos. 

O documentário Queen ainda não tem data de estreia. 

Curta a fanpage no Facebook e Siga-nos no Instagram!