Emilia Clarke revela pressão para fazer cenas de nudez em Game of Thrones

Emilia ClarkeEmilia Clarke (Foto: google)

Emilia Clarke disse que foi pressionada a realizar cenas de nudez em Game Of Thrones para não “decepcionar” os fãs da série.

A intérprete de Daenerys Targaryen recorda que ficar nua fazia parte do acordo e tinha plena consciência de que era algo da profissão de artista.

“Eu tinha acabado de sair da escola de teatro e levei isso como qualquer outro trabalho. Se está no roteiro, eu pensei, obviamente é algo necessário para a trama”, afirmou.

No entanto, a prática não foi tão natural quanto ela imaginava. “Eu tive brigas no set em que eu dizia: ‘Não, o lençol vai me cobrir até o pescoço’. Aí eles retrucavam: ‘Você não quer decepcionar os fãs de GoT, quer?’. Eu respondia: ‘Vão se f****'”, recorda.

Como aquela era a primeira vez em que Emilia atuava em um set de grandes proporções, com 24 anos, a atriz conta que não tinha experiência suficiente para brigar por seus direitos e, o que era para ser espontâneo, se tornou incômodo – sobretudo na primeira temporada.

“Nunca antes eu tinha ficado nua na frente daquela multidão de pessoas [equipe de filmagem, artistas, diretores, etc]”, afirma.

“Com ou sem nudez, eu nunca seria capaz de me impor e pedir por algo que eu queria na primeira temporada. Eu pensava que meus sentimentos estavam errados. Ia chorar no banheiro, e voltava para gravar a cena de nudez como se tudo corresse bem”, expõe.

A situação difícil, no entanto, era apaziguada pelo seu colega de elenco Jason Momoa, que interpretou Khal Drogo, personagem que se casa com Daenerys na primeira temporada. “Foi bem difícil, mas cenas com Jason acabavam sendo melhores. Ele me disse: ‘Não, querida, não está tudo bem [se você for coagida a fazer algo que não quer].”

Curta a fanpage no Facebook e Siga-nos no Instagram!