Érika Januza diz ter ficado indiganada após agressão a Marcelo Rossi

Érika JanuzaÉrika Januza (Foto: Reprodução da Internet)

Érika Januza usou suas redes sociais para desabafar sobre a agressão que o padre Marcelo Rossi sofreu durante celebração de uma missa, em Cachoeira Paulista. O padre caiu de uma altura de dois metros, mas não sofreu ferimentos graves.

“Ele, iluminado como é, não quis falar sobre o assunto e disse que ‘Maria passou na frente e pisou na cabeça da serpente’. E sim, passou! Mas como sua fiel, não poderia deixar de me manifestar sobre esse ato de crueldade e falta de amor ou o que quer que seja. Empurraram o padre do altar, mas ele forte se levantou e seguiu a celebração, pois o amor de Deus sempre vence e te renova, te refaz”, escreveu.

Érika afirmou ter ficado indignada com o ocorrido.

“Fiquei muito indignada, e ainda estou. Mas me coloco sempre em reflexão quando vejo atitudes como essa. Como pode tanta crueldade no mundo? Enquanto ele leva a palavra de amor de Deus, alguém sai de sua casa para destruir. Precisamos nos colocar em oração por essas almas, doentes ou cruéis, que não pensam em suas atitudes”, seguiu.

“Cada um tem sua crença e é preciso, urgente e necessário respeitar todas elas. O amor ao próximo, independentemente de qualquer coisa, é o que precisa prevalecer. Força, padre Marcelo! Que você continue firme e de pé na caminhada para nos levar suas palavras de amor e esperança e seguirmos com Deus e Maria na frente nos protegendo e vencendo as barreiras”, completou.

Curta a fanpage no Facebook e Siga-nos no Instagram!