Giovanna Lancellotti diz que passou por assédio na Rússia

Giovanna LancellottiGiovanna Lancellotti (Foto: Reprodução/Internet)

Com folga das gravações de 'Segundo Sol', Giovanna Lancellotti, foi para a Rússia assistir a partida entre Brasil e Sérvia. O que era para ser uma diversão, acabou lhe gerando transtornos.

A atriz, como muitas mulheres conviveu com atos de assédio. "O assédio estava pesado lá. Briguei com vários caras sem noção. Os brasileiros estavam se soltando, achando que era liberado. Teve um que me empurrou, vi que era brasileiro, peguei o cara pelo braço e disse: 'Você não vai me empurrar, não". Contou a morena que também gritou com outro homem, de outra nacionalidade. "Cheguei a gritar com um árabe, em português mesmo: 'Mano, saí de perto de mim'. Ele falava com o Facetime apontado para mim: 'Say hello to my friend's' (diga olá para os meus amigos). Até que berrei para ele sair".

Lancelloti menciona sobre a importância da mulher se impor nesse momento. "A mulherada tem que botar pra quebrar, não pode deixar encostar contra a vontade, tem que levantar a voz. Se precisar, eu faço um barraco, mas não deixo o sujeito dar um de bonito, relar em mim sem minha autorização. Sempre fui assim e agora sou mais ainda. Sou brava em relação a desrespeito em geral". Revelou. 

Curta a fanpage no Facebook e Siga-nos no Instagram!