Globoplay desiste de série sobre goleiro Bruno

goleiro Brunogoleiro Bruno (Foto: google)

A Globoplay cancelou a série sobre a história do goleiro Bruno. A produção iria trazer à tona o crime cometido por Bruno em 2010 pelo assassinato de Eliza Samudio.

O projeto, que seria dirigido por Amora Mautner e escrito por Lucas Paraizo (de “Sob Pressão”), causou revolta nas redes sociais. Porém, ainda existe a intenção de fazer produções sobre crimes conhecidos na plataforma.

A mãe Eliza Samudiom, dona Sônia Moura, quando soube que a série sobre a morte de sua filha iria estrear, ficou revoltada. Ela chegou a dar uma entrevista para à jornalista Márcia Goldschmidt e criticou o livro ‘Indefensável: O goleiro Bruno‘.

“Não autorizo. Ninguém tá pensando no filho dela que vai completar 10 anos. Vai ter a transição pra adolescência, que não é uma coisa fácil. A única forma que meu neto tem de ver a mãe é por fotos, porque ele não tem ela por perto. É através de foto que ele pode ver a mãe dele, porque chega aniversário dele, chega aniversário dela, que é logo depois dele, não tem a mãe. Ele não sabe como era o cheiro da mãe dele, a voz da mãe dele, ele teve muito pouco tempo de vida com a mãe dele. Aí vem a Globo fazer essa minissérie?”, concluiu.

Vanessa Giácomo, a atriz que interpretará Eliza Samudio, foi quem deu a ideia de transformar o livro ‘Indefensável – O Goleiro Bruno e a História de Morte de Eliza Samúdio’, escrito por Leslie Barreira Leitão, Paula Sarapu e Paulo Carvalho, em um seriado.

Caso fosse ao ar, a série iria conter detalhes sobre a morte de Samudio como, por exemplo, ter a presença de cães da raça rottweiler, devorando ela.

Curta a fanpage no Facebook e Siga-nos no Instagram!