Isabella Santoni repercute acusações de apropriação cultural

Isabella SantoniIsabella Santoni (Foto: Reprodução da Internet)

Isabella Santoni escolheu o arquipélago de Fernando de Noronha para passar o fim de 2019. Na viagem, a atriz ostentou tranças loiras no cabelo e acabou virando assunto.

A famosa foi acusada por alguns internautas de apropriação cultural étnica por conta da nova aparência das madeixas, com um elemento estético típico do povo negro. Outros não viram a mudança como algo negativo.

Repercutindo a polêmica, Isabella explicou que tranças não são novidade em sua vida:

“Eu gosto, faço desde que era criança. Lembro que tinha 7 anos e fiz minha mãe fazer no meu cabelo, ela ficou a madrugada toda fazendo. Já tinha feito há dois anos quando estava em Bali e tinha muito tempo que não fazia“.

Ela também explicou a razão de ter feito tal escolha e como vem lidando com o novo cabelo: “Aí tive um intervalo de gravação e falei ‘vou fazer trancinha que ajuda o cabelo a crescer’. Puxa o cabelo um pouco e ajuda a crescer. Dessa vez agora demorou cinco horas. No início dói um pouco, depois acostuma. No primeiro dia assim que dói mais, na verdade“.

Isabella Santoni disse também que é eclética quando o assunto é estética: “Gostei de mudar. Já fui ruiva, loira, morena, raspei, pintei de rosa. Estou com vontade de, no Carnaval, fazer como a Dua Lipa e deixar preto na raiz, com raiz bem marcada anos 90. Ou arco-íris, ou bem preto embaixo e todo louro em cima“.

Curta a fanpage no Facebook e Siga-nos no Instagram!