Júlio Cocielo se torna réu em processo por racismo

Júlio CocieloJúlio Cocielo (Foto: Reprodução da Internet)

A juíza aceitou a denúncia feita pelo Ministério Público. E agora, no caso de ser condenado, a pena de Cocielo pode chegar de dois a cinco anos de prisão.

A promotora alegou que o influenciador digital fez uma série de postagens de cunho racista entre novembro de 2011 e junho de 2018.

Cocielo já responde também a uma ação civil em que o MP cobra indenização de R$ 7,5 milhões.

À Justiça, Cocielo afirma ser humorista e nega qualquer prática de racismo:

“Contar uma piada sobre negros não transforma um humorista em uma pessoa racista ou propagador do ódio contra negros, da mesma forma que contar uma piada sobre judeus não transforma um humorista em uma pessoa antissemita”.

O youtuber disse ser afrodescendente, nascido em família pobre da periferia e que sabe na pele o que significa.

“É evidente que Cocielo faz piadas com sua própria condição, o que um artifício humorístico usado por comediantes no mundo todo”, diz seu advogado.

Curta a fanpage no Facebook e Siga-nos no Instagram!