Marcelo Falcão e filha vivem guerra na Justiça por pensão

Marcelo FalcãoMarcelo Falcão (Foto: Reprodução da Internet)

Vocalista da banda ‘O Rappa’, participou nessa segunda, junto com a filha Agatha Cristal Silveira, de 20 anos, de uma audiência no 18º Fórum da Vara da Família no Rio de Janeiro.

O cantor e a jovem, que teve sua paternidade reconhecida em 2016, vivem uma batalha na Justiça por conta de pensão retroativa. O processo segue em segredo de Justiça.

Desde que o exame de DNA comprovou a paternidade de Falcão, o juiz do caso determinou o pagamento provisório de 12 salários mínimos mensais, aproximadamente R$ 12 mil, que estão sendo pagos. Porém, os advogados de Agatha pedem um aumento para 23 salários – valor que o músico já pagou para outro filho também reconhecido na Justiça -, fora o retroativo desde o início da ação, que chega a quase R$ 1.800.000,00.

Em nota enviada a Léo Dias, a assessoria de Falcão falou sobre o caso e lamentou o vazamento do processo.

“O cantor Marcelo Falcão aproveita a oportunidade para esclarecer que compareceu espontaneamente na audiência realizada ontem, assim como a todos os demais atos processuais, sendo que a demora do julgamento da ação tem como único motivo o fato da parte autora, representada por sua mãe a época, ter sido obrigada restaurar os autos do processo. Informa ainda que os o recursos interpostos por seu patrono, sempre foram baseados no que determina a lei e nas provas que constam do processo, e por isso mesmo em sua maioria foram acolhidos pelo judiciário.”

“Em síntese, a presente nota serve para esclarecer a verdade dos fatos, e também para lamentar não só a exposição desnecessária e midiática de uma situação de cunho privado, e, sobretudo, o fato do cantor ter sido privado da infância de sua filha.”

Curta a fanpage no Facebook e Siga-nos no Instagram!