Maria Zilda revela desejo inusitado com suas cinzas

Maria ZildaMaria Zilda (Foto: google)

Maria Zilda abriu o jogo sobre a sua vida amorosa, contou nome de affairs famosos que teve ao longo da vida e também revelou curiosidades um tanto quanto inusitadas.

“Já fiz um documento doando todos os órgãos saudáveis do meu corpo. Quero ser cremada e distribuída em pequenas caixinhas para os poucos amigos que me restam. Para eles me cheirarem num momento de loucura. Tenho certeza de que vou dar onda”, disse ela.

Maria Zilda foi uma das mulheres mais cobiçadas de sua geração televisa e está lançando um livro sobre memórias de sua carreira. Mas ela reforça que não se trata de uma autobiografia.

“Revelo intimidades que as pessoas têm curiosidade, que não me importo em dizer. Não devo nada a ninguém. Não estou com idade de fazer uma autobiografia ainda, mas tenho um pouco de história para contar”, avisa Maria Zilda.

Entre os affairs famosos, a atriz relembrou histórias com Caetano Veloso, Gilberto Gil, Nelson Motta e até mesmo com o cantor americano Prince, que morreu em 2016 nos EUA.

“Ele estava interessado em mim desde o Rio [Prince se apresentou no Rock in Rio de 1991]. Tanto que ele me mandou as passagens, a hospedagem e seis ingressos para o show, no Radio City Hall. Depois da apresentação, encontrei com ele e rolou. Não cito o romance no livro porque tem coisas que se subentendem. Deixo para a imaginação das pessoas”, afirma Maria.

Curta a fanpage no Facebook e Siga-nos no Instagram!