Maurício Meirelles fala sobre se reinventar em tempos de quarentena

Maurício MeirellesMaurício Meirelles (Foto: Reprodução da Internet)

Maurício Meirelles precisou se reinventar nessa quarentena para continuar arrancando sorrisos do público. Acostumado a fazer seus shows de stand-up comedy em teatros para várias pessoas, o artista está agora se apresentando para um celular.

“Estou botando [no ar] todo domingo, é o resumo da semana. A gente está vivendo uma parada surreal, é um filme isso que a gente está vivendo. Falo: ‘Caraca, tem um vírus que surgiu de um morcego, que ninguém sai de casa e tal, e o Bolsonaro’. Está virando um bagulho meio doido. E aí, toda semana, meio que tem uns destaques do que está acontecendo. Teve a semana das paneladas. Daqui a uma semana vai ser a da faxina. Aí começo a fazer piada, e você se identifica. Todo o mundo está lavando louça. Todo o mundo está com poeira”, explicou Maurício.

Vendo as coisas por outro lado, o humorista analisou. “Tem muita gente que está perdendo emprego, se ferrando, ou em uma situação delicada, mas volto a dizer: tem coisa que levo para o positivo, porque senão eu piro e morro”, afirmou.

“Se eu encarar isso só com negatividade, acabou a minha vida. Estou dentro de quatro paredes aqui e acho minha esposa um saco, meu filho um saco. Não, vejo o contrário. Vejo como a minha esposa é muito legal. Só descobri mais ainda que a minha esposa é muito legal convivendo 24 horas com ela“, disse.

“E a gente descobre que na situação ruim, adversa, a gente é muito parceiro. Descobri que o meu filho, caramba, ele gosta de umas cosquinhas na barriga que não imaginava, porque estou tendo tempo. Porque terça à noite eu estaria fazendo show e agora estou com eles. Então, assim, tem lados positivos”, analisou Maurício Meirelles.

Dando um conselho para manter a calma nessa situação, o artista recomentou parar de assistir telejornal. “Já sei que está tendo uma pandemia, já sei que tem que passar o álcool em gel. Agora, preciso ficar sabendo de todas as declarações do presidente da França? Não, velho! A dica que dou é: dá uma pausa. Dia 16 de abril vai estrear o meu show na Netflix, a galera vai estar em quarentena. Se já assistiu ao show, teve coisa aí que não assistiu. Não gosta de mim? Assiste a outros colegas meus, só sai um pouco desse negócio“, disse.

Curta a fanpage no Facebook e Siga-nos no Instagram!