MP sugere a Eduardo Costa serviços comunitários  após processo

Eduardo CostaEduardo Costa (Foto: Reprodução)

O órgão estatal sugeriu a sentença por um mês, após o sertanejo ser processado por Fernanda Lima. Seriam ao todo 50 horas de atividades determinadas. Isso porque o artista se referiu à apresentadora como “imbecil”, em novembro do ano passado.

Ne época, a loira havia feito um discurso feminista durante o “Amor & Sexo”, da Globo, e não agradou o veterano.

“Só faz programa para bandido, maconheiro e esquerdista derrotado”, disparou o mineiro.

Após a repercussão negativa do caso, Eduardo Costa veio a público pedir desculpas à famosa. Entretanto, a ação judicial não foi evitada e ela chegou a pedir R$ 100 mil de indenização.

Curta a fanpage no Facebook e Siga-nos no Instagram!