Mulher de Asa Branca: “Senti que iria perdê-lo”

Asa BrancaAsa Branca (Foto: Reprodução da Internet)

O corpo do locutor Asa Branca, falecido na terça-feira, após uma longa batalha contra um câncer na mandíbula, foi velado na Assembleia Legislativa de São Paulo.

E Sandra dos Santos, falou sobre a morte do marido.

“Foi muito triste vê-lo no hospital. Nos últimos dias, eu pegava na mão dele e não tinha nenhuma reação. Foi aí que comecei a sentir que iria perdê-lo. Antes, achava que poderia acontecer um milagre. Sempre me mantive conversando com ele. Pedia para ele que fosse acompanhado dos bons espíritos, que ele se permitisse ir para não sentir mais dores.”

“Em agosto nos foi dito que não havia mais o que fazer. Ele ficou no tratamento paliativo, lutando, lutando… Ele era muito forte. Sentirei falta de tudo. Ele era muito companheiro. A gente estava junto na alegria e na tristeza. A gente se conheceu na infância e estávamos juntos há 12 anos”, explicou ela.

Curta a fanpage no Facebook e Siga-nos no Instagram!