Rafael Coimbra pede demissão do Grupo Globo após 23 anos

Rafael CoimbraRafael Coimbra (Foto: google)

O jornalista Rafael Coimbra, do HUB GloboNews e comentarista de tecnologia do Estúdio I, pediu demissão da GloboNews, após 23 anos de serviços prestados dentro do Grupo Globo, onde começou ainda como estagiário em 1997.

A saída foi anunciada pelo próprio comunicador em seus perfis nas redes sociais.

 “Essa bagagem e minha sede por inovação me levam, agora, a buscar outros projetos com visão ampliada. Em breve, novidades”, prometeu.

“A minha veia acadêmica, professor que sou de marketing digital da FGV [Fundação Getúlio Vargas], fortaleceu a minha atuação na busca da verdade e dos corretos fundamentos que embasam as notícias. Nesse contexto, pude exercer, nos últimos quatro anos, a função de comentarista do Estúdio i, não apenas em temas relacionados à inovação e à tecnologia, minhas predileções, mas, também, em política e economia, áreas em que igualmente me especializei”, analisou.

Coimbra finalizou o seu comunicado relatando que “em todos esses anos, também dediquei-me, com responsabilidade, ao telespectador, apresentando jornais e o Hub GloboNews, que veio a se tornar, também, um podcast de sucesso”.

Rafael Coimbra também atuou correspondente internacional, presente na cobertura de uma série de acontecimentos internacionais como o terremoto do Haiti, Copa do Mundo na África, o impeachment no Paraguai, as eleições nos Estados Unidos de 2012, o funeral de Hugo Chávez (1954-2013) na Venezuela, entre outros.

Curta a fanpage no Facebook e Siga-nos no Instagram!